Espinha Interna Inflamada. O Que Fazer Para Melhorar? - Tirar Espinhas

Espinha Interna Inflamada. O Que Fazer Para Melhorar?

Author: | Posted in Dicas No comments

Poucas coisas são tão incômodas quanto espinha interna inflamada. A espinha já é, por si só, uma inflamação difícil de lidar e que precisa ser tratada com produtos especiais e mesmo que sejam produtos caseiros, é necessário cuidar dela com bastante cuidado para não piorar a situação.

Se a espinha inflamar, o problema se multiplica, gerando dor e muito desconforto.  Nesse caso é primordial cuidar corretamente do problema.

O Que é Espinha Interna?

A espinha interna é conhecida por ser o tipo de inflamação que não tem “ponta”. Ela é endurecida e fica sob a pele, dificultando ainda mais sua cura. Ela também é conhecida como nódulo cístico, pois fica cheia de sebo ou pus e “cresce” dentro da pele.

Como Se Livrar da Espinha Interna

Se a espinha interna inflamada está doendo e não desapareceu em alguns dias, o ideal é procurar a ajuda de um dermatologista. O médico especialista nos problemas da pele vai receber antibióticos potentes para eliminação da espinha.

Quem tem problemas sérios de acne, nível 4 ou 5 pode até mesmo fazer tratamento com Isotretinoína, conhecido pelo seu nome comercial Roacutan, que é o mais indicado para tratamentos em peles mais atingidas pelas espinhas.

Como Se Livrar da Espinha Interna Inflamada

A espinha interna deve desaparecer naturalmente, porém se ela está inflamada, é preciso ter bastante atenção com a lesão. Existem alguns cuidados caseiros e tratamentos médicos que podem ajudar a eliminar a espinha interna. São ideias que ajudam sua pele a “expulsar” a espinha de forma natural. Confira:

1. Compressa com água quente. Pegue um pouco de algodão embebido em água quente e deixe sobre a espinha durante alguns minutos. Outra ótima é utilizar o vapor. Ferva um pouco de água e fique sobre o recipiente com água, deixando que o vapor atinja a região com a espinha. Isso também ajuda a abrir os poros e facilitar a saída dos cravos.


Baixe Nosso E-Book GRÁTIS! Clique Aqui Agora e Baixe de GRAÇA Nosso Exclusivo E-Book – 7 Passos Para Uma Vida Sem Acne, Sem Espinhas e Sem Cravos!


2. Use um saquinho de chá. Para aliviar a inflamação da espinha interna, aplique um saquinho de chá preto (em água morna), diretamente sobre a espinha. Cubra com uma gaze e aguarde. Retire quando sentir que a compressa esfriou. Lave o rosto em seguida.

3. Evite maquiagem e outros produtos oleosos. Enquanto estiver com uma espinha interna inflamada evite ao máximo utilizar maquiagem e cremes que não sejam indicados para quem tem problemas com acne. Quanto mais produtos você passar sobre a espinha mais facilmente ela ficará inflamada.

espinha-interna-inflamada-truques-tirar-espinhas

4. Não esprema a espinha nem mexa nela com frequência. Evite ao máximo tocar na espinha com a ponta dos dedos para não piorar a inflamação. Da mesma forma não tente espremê-la para não agravar o inchaço.

5. Esfolie a pele. Esfoliar a pele corretamente é um ótimo meio de fazer com que o processo da espinha ocorra mais rapidamente e com isso, o seu sumiço definitivo. A esfoliação vai trazer a espinha para fora aos poucos e eliminar as celular mortas, ajudando a eliminá-la. Você pode usar um creme especial com micro-partículas, próprio para esfoliação ou pode ainda utilizar ingredientes naturais como açúcar e mel.

6. Use ácido salicílico. Um dos principais agentes que combatem as espinhas é o ácido salicílico, principalmente quando se trata de espinha interna. Ele acelera o processo de desenvolvimento da espinha, podendo trazê-la “à tona” mais rapidamente. Ele está presente na imensa maioria dos produtos próprios para a eliminação da acne. Aplique-o após a lavagem e a esfoliação do rosto.

7. Sessões de Peeling. Se o seu médico constatou que é possível eliminar esse tipo de espinha interna com sessões de peeling, invista nesse tratamento. Como essas espinhas “não tem pontas”, ou seja, ficam “escondidas” sob a pele, o peeling pode ser um ótimo aliado para alcançá-la no nível em que ela se encontra, já que ele corrói as camadas externas da pele. Essas sessões são ótimas para regenerar a pele do rosto. Converse com seu dermatologista para que ele faça uma análise detalhada antes do procedimento.

PS – Não esqueça de baixar Gratuitamente Nosso E-Book Exclusivo7 Passos Para Uma Vida Sem Acne , Sem Espinhas e Sem Cravos! (Clique Aqui Agora) 🙂

Se você sofre com espinhas, confira também nosso artigo  O que causa espinhas de fato e descubra o que causa o surgimento delas e quais os melhores tratamentos.

Gostou deste artigo? Então Curta e Compartilhe 🙂